quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Torneio de arremesso de celular


O 1º Torneio Sul-americano de Arremesso de Celular reunirá centenas de participantes neste sábado, às 14 h, no Gramadão da Vila A, em Foz do Iguaçu. O campeonato, que reúne diversão e conscientização ambiental.

Os primeiros colocados – tanto na categoria masculina quanto na feminina – ganharão um celular novo, de última geração. O aparelho funciona como pen drive, gravador de voz, filmadora, câmera fotográfica, MP3 player, permite acesso à Internet e sintoniza tanto a TV analógica como a digital.

Quem quiser participar, basta comparecer no local da competição e levar dois quilos de produtos não perecíveis e um celular antigo. A bateria será retirada e encaminhada para empresas que reciclam este tipo de material. Após o arremesso, os celulares da competição serão doados para a Cooperativa dos Agentes Ambientais de Foz.

Torneio ambiental

A intenção do torneio é ampliar cada vez mais a conscientização das pessoas sobre a importância da reciclagem de materiais eletrônicos. Hoje, só no Brasil, são 138 milhões de linhas de celular e pelo menos 11 toneladas de baterias jogadas em lixo comum.

Apesar de ser uma novidade por aqui, a competição já é uma tradição na Finlândia, que possui até o recordista da modalidade, que arremessou a com 89 metros de distância.

No Brasil, a maior marca oficial foi de 67 metros, no torneio realizado em São Paulo. O iguaçuense Gílton Basílico chegou à marca de 79,59 metros na disputa realizada em outubro, em Foz do Iguaçu, mas como não havia representantes oficiais da disputa, o recorde não foi registrado.

Um comentário:

Gabriel disse...

Foram 123 arremessos de celulares, e será matéria do Esporte Espetacular da Rede Globo.